Vila Belmiro: explorando o projeto para o novo estádio do Santos

Referência no futebol mundial, o Santos Futebol Clube ganhará um novo estádio. O projeto da nova Vila Belmiro é assinado pelo escritório de arquitetura Luiz Volpato, de Curitiba, em colaboração com a empresa WTorre. 

Após o início das obras, a previsão é que o novo estádio fique pronto em até dois anos, prometendo se tornar um megaespaço para a realização de partidas de futebol, eventos culturais, shows e atividades que beneficiem a comunidade local. 

Seja você torcedor do Santos, arquiteto, jornalista ou um morador da cidade — aproveite para conhecer os detalhes desse projeto inovador e todas as comodidades que essa grande obra oferecerá! 

Arenas esportivas: modernização e conforto

Por volta de 1996, o escritório do arquiteto paranaense Luiz Volpato foi convidado pelo Clube Atlético Paranaense para realizar a modernização do estádio do clube, em Curitiba (PR). 

Naquele momento, os profissionais envolvidos no projeto procuraram idealizar o que de fato seria algo moderno para um estádio de futebol tradicional. 

Afinal, o trabalho não consistia apenas em “desmanchar” uma construção e refazê-la, mas sim, realizar melhorias para que o local fosse capaz de acompanhar as mudanças arquitetônicas dos últimos anos e oferecer um mix de serviços inéditos aos torcedores durante as exibições esportivas. 

Vale lembrar que naquele período, o último estádio construído no Brasil tinha sido entregue há mais de 70 anos. Logo, não havia um histórico de projetos recentes e que servissem como referência para os arquitetos. 

Assim, a partir de uma incessante busca por informações relevantes, o escritório deu início a uma extensa pesquisa por históricos de estádios e arenas na Europa e nos Estados Unidos. O objetivo era propor: o que podemos fazer de diferente?

Influência mundial 

Notamos que dois fatores fundamentais na composição das edificações esportivas mais modernas da época, as chamadas “arenas”. O primeiro estava ligado à qualidade da infraestrutura, conforto e segurança de um estádio moderno e atual.  A segunda era o aproveitamento das áreas construídas remanescentes sobre as arquibancadas que em geral ficavam sem uso e tomavam custos com manutenção. Assim, foi decidido que a modernização deveria ocorrer com base no tripé qualidade/conforto/segurança e a partir do reaproveitamento das áreas remanescentes para utilizá-las de outras maneiras, deixando de ser despesa para virar receita. 

O conceito promoveu grande sustentabilidade econômica para investidores e gestores do clube, uma vez que os espaços poderiam ser explorados comercialmente de diversas formas. 

A origem do projeto da Vila Belmiro: como tudo começou 

Ao longo dos últimos 20 anos, a Luiz Volpato Arquitetura continuou participando de diversas ações arquitetônicas voltadas para o universo futebolístico: consultorias, revitalizações e outras participações estão no portfólio do escritório. 

Recentemente, um projeto específico ganhou a atenção da mídia e despertou a curiosidade dos fãs do esporte: o novo estádio do Santos, na Vila Belmiro. 

Tudo começou quando o escritório foi convidado pelo então presidente do clube, José Carlos Peres, a visitar a cidade de Santos e conversar sobre a “Vila mais Famosa do Mundo”, assim como, os centros de treinamento do clube. 

Naquela época, já havia um projeto em pauta para a reformulação da Vila. Contudo, ainda existiam questões que não estavam contempladas para atender aos anseios do Santos FC e de seu possível investidor WTorre. A principal, era a necessidade de criar atributos que fossem além das atividades realizadas no campo de jogo, seria necessário que o novo estádio atraísse a atenção dos investidores. 

A ausência de um amplo estacionamento, de áreas comerciais e demais elementos capazes de tornar o estádio um espaço verdadeiramente multi-eventos eram os desafios imediatos. 

Foi a partir do projeto do escritório do arquiteto Luiz Volpato que tais aspectos foram considerados. Obviamente, para tirar do papel todos os desafios do projeto, era preciso ampliar a área livre de construção. Mas, como isso era possível, em um terreno relativamente pequeno e sem a possibilidade de expansão por estar circunscrito a uma quadra? A solução foi ganhar espaço verticalmente, elevando o gramado de jogo em 10m e aproveitando toda a área disponível em 3 pavimentos de aproximadamente 17 mil m² cada. Dessa forma, conseguiu-se alcançar 88 mil m² de área construída, suficiente para se abrigar uma novo e moderna instalação multi-eventos. 

O que o novo estádio do Santos Futebol Clube vai oferecer aos torcedores 

Com mais espaço disponível para ser utilizado, o novo projeto da Vila Belmiro terá uma estrutura de arena coberta, um estacionamento com 900 vagas, um centro comercial composto por 36 lojas, bilheterias cobertas, além de um mezanino reservado ao Memorial das Conquistas do clube. 

O objetivo do arquiteto Luiz Volpato não foi apenas fazer com que a obra tivesse um ar mais moderno. Com a adição de todos esses diferenciais, será possível levar mais movimentação para a região, atraindo novos investidores e permitindo que os visitantes tenham uma boa interação com os pontos de comércio. A previsão é conseguir estender a utilização do estádio para os 365 dias do ano — e não somente durante os dias de jogos e demais eventos. 

“Os clubes precisam que os seus estádios os remunerem e não sejam somente uma fonte fixa de despesas” 

Luiz Volpato, arquiteto e CEO da Luiz Volpato Arquitetura 

Durante a fase de criação do projeto, o escritório já sentia a relevância desse trabalho para todos os envolvidos e conhecia a história, importância e trajetória do Santos Futebol Clube e de pronto saiu a ideia que o Santos não foi “criador de grandes jogadores”, mas sim, “de verdadeiros artistas” e necessitava urgentemente de um “Big Theater”. 

Diante disso, foi preciso contar com a dedicação de toda a equipe e disposição para elaborar um projeto que estivesse à altura da magnitude de um dos clubes mais importantes do país. A ideia era criar uma instalação capaz de atender à evolução do futebol brasileiro. Nessa etapa, ficou claro que não se tratava apenas de um projeto de estádio, mas sim, de uma cidade. 

Os grandes benefícios para a comunidade 

Além de todos os elementos citados, a obra promoverá melhorias para a comunidade. Uma delas diz respeito às calçadas. Antes do projeto, não havia uma boa estrutura no entorno do estádio e, após a finalização do projeto, os moradores e visitantes terão uma via segura, bem iluminada e eficiente para caminhar ladeada por lojas e espaços comerciais. 

Atletas saem ganhando As áreas comuns do novo projeto da Vila Belmiro são muito bem integradas e com foco na funcionalidade. Esteja o visitante entrando pela garagem ou pela rua, ele conseguirá ter fácil acesso às bilheterias, aos espaços de convivência, à praça de alimentação e à arquibancada. 

O mesmo vale para os atletas que irão usufruir da instalação. Pensando em facilitar a locomoção dos jogadores e promover mais privacidade, a obra contará com vestiários em um nível inferior ao campo e poderão ser acessados tanto pelos elevadores térreos, quanto em nível — que possui ligação direta com um dos estacionamentos. 

Apresentações em 360º 

Nos momentos em que o estádio for utilizado para outros eventos, como shows e demais apresentações artísticas, será possível aproveitar os diferenciais do gramado para promover experiências únicas aos visitantes. Isso acontecerá também no centro do gramado, projetado para ser uma estrutura móvel que pode ser explorada de inúmeras formas. Com a possibilidade de subir até 3 metros acima do nível do terreno, esse diferencial permitirá a realização de eventos em 360º. 

Resumindo, a área se transformará em um grande palco, com excelente visualização para quem estiver em qualquer assento da arena, como a arquibancada ou os amplos camarotes. 

Quando finalizada, a obra terá até 25 mil lugares disponíveis para jogos de futebol e 40 mil para eventos. 

Todos esses fatores deram a oportunidade para que os arquitetos pudessem utilizar máxima a área disponível para o projeto, criando espaços otimizados e prontos para suprir as necessidades do clube, de seus torcedores e da comunidade. 

Em breve, o projeto da nova Vila Belmiro também estará no hall dos estádios mais modernos do mundo. Gostou de conhecer o projeto do novo estádio do Santos? Esperamos que sim! 

Se quiser saber mais a respeito do trabalho do escritório Luiz Volpato Arquitetura, aproveite para seguir nossas redes sociais Instagran …….. página no  Facebook e acompanhar os últimos projetos.

Pesquisar

Categorias

  • Esportivos
  • Projetos
  • Sem categoria
  • Uncategorized